Principais serviços de terceiros com os quais Lydia trabalha

Atualizado 22/11/21 de Astrid Seulliet

Para garantir um bom funcionamento, a Lydia conta com serviços de terceiros, ou seja, oferecidos por outras empresas. Estes serviços têm como objetivo:

  • Permitir a prestação de serviços de pagamento;
  • Facilitar as comunicações;
  • Ajudar a compreender o uso da aplicação e bugs;
  • Ajudar no combate à fraude e apoiar a Lydia na aplicação das directivas em matéria de combate ao branqueamento de capitais ou ao financiamento do terrorismo.

Certos dados pessoais de todos ou parte dos utilizadores Lydia podem transitar ou ser armazenados por esses serviços. No entanto, a Lydia só partilha os dados necessários para o propósito do uso que faz ou confia a esses serviços. Quando possível, Lydia transmite informações anónimas ou ofuscadas.

O utilizador não pode impedir a Lydia de utilizar os serviços apresentados a seguir, pois são essenciais para o bom funcionamento do serviço prestado.

Critérios de seleção para serviços de terceiros 🤝

Os serviços de terceiros utilizados pela Lydia são selecionados pelo seu desempenho e devem cumprir os regulamentos europeus em termos de processamento e proteção de dados (RGPD, conforme aplicável em França). A Lydia dá prioridade às empresas francesas e europeias, na medida do possível e de acordo com a sua competitividade.

Apresentação dos principais serviços de terceiros 🧑‍🏫

Aqueles que fornecem serviços de pagamento 💶

A Lydia trabalha com parceiros franceses aprovados para fornecer serviços de pagamento:

  • A SFPMEI (Société Financière du Porte-Monnaie Electronique Interbancaire) para a gestão das contas de pagamento e  emissão dos cartões Lydia Visa. É graças a este estabelecimento que a Lydia pode, por exemplo, efetuar transações de pagamento associadas à conta Lydia dos seus utilizadores;
  • Budget Insight para fornecer iniciação de pagamentos e serviços de informação de conta. É graças a este serviço que os utilizadores podem, por exemplo, consultar as suas contas bancárias na Lydia;
  • Treezor, em particular, para emitir IBANs para contas Lydia.

A Lydia é co-responsável pelo processamento de dados com estas empresas. Ou seja, os fins e os meios de tratamento são definidos de forma conjunta, com o objetivo de estar em conformidade com a regulamentação em vigor.

Os seguintes serviços de pagamento permitem que Lydia realize transações em cartões de pagamento:

  • Payline e Checkout.com para debitar e creditar os cartões de pagamento dos utilizadores, exceto os cartões Lydia;
  • Marqeta para débitar e créditar os cartões Lydia Visa.

Aqueles que permitem a autenticação do utilizador 🕵️‍♂️

Os serviços seguintes permitem que a Lydia cumpra suas obrigações legais contra o branqueamento de capitais e o financiamento do terrorismo:

  • Ariadnext para analisar os documentos necessários para obter o "perfil verificado", como a validade dos documentos de identidade;
  • AWS (Amazon Web Services) para a autenticação de selfies ou vídeos selfies que podem ser transmitidos para Lydia como parte da obtenção do status "Perfil verificado" ou durante o processo de recuperação de uma palavra-passe esquecida.

Aqueles que permitem compreender, melhorar e planear 📊

A Lydia usa ferramentas de marketing para estudar como os utilizadores usam os seus serviços. Isto permite melhorar a aplicação, mas também aconselhar sobre novos usos ou produtos, adaptados às necessidades de cada pessoa. Finalmente, eles também permitem que a Lydia preveja o uso da aplicação e planeie confirme a utilização.

  • Amplitude é usada para rastrear o uso da aplicação pelos utilizadores, como abrir uma página na aplicação, para estabelecer estatísticas;
  • Appsflyer permite identificar a origem de um novo utilizador e rastrear parcialmente o uso que ele faz da aplicação após a instalação.

A leitura e o uso desses dados partilhados com esses dois serviços americanos são estatísticos e não pessoais.

Aqueles que permitem comunicar com os utilizadores 📬

Ferramentas de análise e comunicação

A Lydia automatiza, planeia e personaliza as suas comunicações usando as seguintes ferramentas:

  • O Vero é usado para enviar e-mails do tipo newsletter, transacionais e comportamentais aos utilizadores e analisar os resultados dessas comunicações. Este serviço é prestado por uma empresa australiana;
  • O Braze é usado para enviar e-mails e notificações push para dispositivos móveis do tipo newsletter transacionais e comportamentais e para analisar os resultados dessas comunicações. Este serviço é prestado por uma empresa americana.
  • Clustaar é usado para criar e gerir a ajuda automatizada acessível a partir da aplicação. Este serviço é prestado por uma empresa francesa.

Vero e Braze são serviços utilizados tanto para fins de marketing, mas também para informar o utilizador sobre modificações legais (Condições Gerais de Utilização, por exemplo) ou ações posteriores que tenha realizado na aplicação (recebimento de um pagamento, execução de uma transferência, modificação de uma palavra-passe, etc.).

O  utilizador pode optar por não receber comunicações comerciais ou informações não essenciais através da aplicação. Por outro lado, não é possível cancelar a subscrição de certas comunicações transacionais (em particular aquelas relacionadas à segurança da conta) e de comunicações obrigatórias.

Todas estas ferramentas também são gestores de conteúdo, que permitem à Lydia escrever e manter um conteúdo atualizado e de qualidade.

Outras ferramentas de comunicação

  • Mailgun, Vonage e Twilio são usados ​​para enviar e-mails e SMS aos utilizadores.
  • Firebase e Apple são usados ​​para enviar notificações push.
  • Front é uma ferramenta para gerir mensagens de utilizadores, principalmente e-mails do Gmail, e é usada principalmente pelo Serviço de Atendimento ao Cliente Lydia.

Esses serviços são prestados por empresas americanas.

Aqueles que permitem a comunicação interna 👩‍💼👨‍💼

Ferramentas de comunicação interna, ambas americanas, foram implementadas para formalizar a documentação da empresa (ex: procedimentos, apresentações, relatórios de reuniões) ou para facilitar o processamento de solicitações de clientes ou o acompanhamento de bugs. Essas ferramentas podem transitar, temporária e ocasionalmente, dados pessoais dos utilizadores.

  • Slack é a ferramenta de comunicação interna principal. É utilizado principalmente para a gestão e acompanhamento de projetos internos. Alguns canais são usados ​​para gerir as solicitações do utilizador, por exemplo, em relação à correção de bugs. Este serviço é prestado por uma empresa americana.
  • Notion é a base de conhecimento da Lydia. Todos os procedimentos e projetos estão listados nesta plataforma. Muito ocasionalmente, alguns dados pessoais do utilizador podem ser processados, em particular no contexto da luta contra a fraude. Este serviço é prestado por uma empresa americana.

Armazenamento de dados e acesso 👨‍💻

A grande maioria dos serviços que a Lydia usa são “processadores de dados pessoais” para as contas Lydia: isto significa, em particular, que só podem agir de acordo com as instruções da Lydia e devem ser capazes de excluir permanentemente os dados do utilizador se a Lydia o pedir. Não é possível, por exemplo, conduzir prospecção comercial ou processar dados do utilizador Lydia por motivos diferentes daqueles definidos com a Lydia.

Apenas determinados funcionários da Lydia podem ter acesso a determinados dados pessoais ou estatísticos do utilizador, conforme as regras de acesso precisas e limitadas ao estritamente necessário, dependendo do cargo ocupado.

Os funcionários de serviços de terceiros, com exceção dos parceiros com os quais Lydia é co-controladora (explicado acima), não têm acesso aos dados da Lydia e dos seus utilizadores.

👉 Para qualquer informação adicional sobre o uso de dados pessoais do utilizador, consulta a Política de Proteção de Dados Pessoais da Lydia.

Esclarecemos as tuas dúvidas?


Powered by HelpDocs (opens in a new tab)